Vampirismo e erotismo sempre estiveram intimamente ligados, desde os primeiros relatos sobre essas criaturas. A natureza lasciva dos vampiros é a gênese destas escrituras macabras, em que 12 autores injetam sangue novo no mito do morto-vivo.

Cada história é um pesadelo em que desejo e violência se entrelaçam como um novelo de serpentes. Será o vampiro somente um espelho do que é, afinal, apenas humano?

Categorias: Livros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *